domingo, 17 de junho de 2018

Só um Gole

É tanto sono que uma noite não é suficiente

Vou ter que tomar Café, sentir minha garganta queima.

Eu não gosto de Café, mas tenho medo de piscar os olhos e dormir.

Não gosto muito de café, mas eu tenho medo de ficar acordado e não sonhar.

Só que hoje não vai ter como vou ter que tomar um gole de café, pra eu pelo menos não sonhar

segunda-feira, 11 de junho de 2018

Ela pra sempre

Quando você olhou pra trás e me fitou, seus olhos percorreram meu campo de visão.

Eu te vi!

Aquela foi a visão que mudou minha vida.

Toda dureza e resistência do meu coração se desfez, diante do seu sorriso inacreditavelmente lindo que surpreendeu minhas expectativas.

Dali em diante eu estava entregue a sua beleza, se você quisesse poderia fazer o que quisesse de mim. Qualquer coisa, tudo!.

Naquele milésimo eu disse Sim, eu aceito, eu te quis, enlouquecido, bêbado de paixão eu pensei, “quem me dera se fosse ela?”.  No entanto é. Você continua sendo, ainda não esqueci desse dia, ali selei meu destino, não sabia eu que você me procurava com os olhos, não sabia eu naquele instante seu sorriso era por mim e pra mim.

Logo depois a Razão; inimiga das aventuras dos corações corajosos que se atrevem a se apaixonar, inimiga da paixão, minha razão me avisou, e eu esqueci, quero dizer finge que esqueci.

Na primeira oportunidade todo aquele sentimento voltou à tona, e até hoje tudo volta quando te beijo e seu cheiro confirma que fiz certo em deixar o coração convencer a razão.

Enquanto  isso eu fico aqui, No silêncio do apartamento, Esperando você chegar, então seremos só Eu, você é o Bebê a Chorar… buá buá buá buá buá!!!

Eu, você, o Miguel, o Chease, a gata e a Aninha a Chorar.

domingo, 13 de maio de 2018

Não é um Vão

Não é um vão é um abismo, o espaço entre dois  pontos, uma profundidade do tamanho de uma pessoa, ou maior.

Uma distância entre lugares diferentes, duas opiniões, duas ideias, a separação entre o estático e o que se movimentam. É um erro de engenharia, é o salto que todos os passageiros precisam dar, se pretendem continuar.

Um absurdo constante, que os administradores esquecem.

É um abismo para puxar seu pé, pra enroscar seus sonhos.

Acima de tudo um desafio diário, não ficar no abismo, não cair lá, por mais que seja atraído. Só quem já passou por lá sabe realmente que é tão assustador como parece ser.